O que é GPS agrícola, como ele funciona e quais os benefícios para a agricultura?

Por Equipe FieldView™ em 11/10/2023 17:47:44

O GPS agrícola é uma ferramenta que permite ao agricultor aumentar a eficiência das operações no campo e melhorar a produtividade da lavoura.

Um trator em uma plantação com ícones tecnologicos aparecendo na imagem.Lavoura conectada.

+ Sem tempo de ler o texto todo? Confira os principais destaques!

O GPS agrícola é uma ferramenta da agricultura de precisão que permite a coleta de dados precisos sobre a localização de máquinas agrícolas e dispositivos eletrônicos utilizados na fazenda.

Com base nos dados coletados por essa tecnologia, o produtor consegue gerar mapas agrícolas mais precisos, monitorar a lavoura, otimizar o sistema de irrigação, entre outras aplicações. 

Como resultado, é possível melhorar a eficiência das operações, reduzir custos operacionais e aumentar a produtividade da plantação, por exemplo.

Para maximizar as vantagens associadas ao uso do GPS na agricultura, o produtor deve usar essa ferramenta em conjunto com outras tecnologias agrícolas, como sensores e plataformas de agricultura digital.

Boa leitura!

+++

O GPS é uma ferramenta muito utilizada nos centros urbanos. Afinal, ela facilita o deslocamento das pessoas e a localização de pontos de interesse. 

O que muita gente não sabe é que essa tecnologia não é uma exclusividade de quem vive nas cidades. Isso porque o GPS também pode ser utilizado no campo. 

Associado à agricultura de precisão, o chamado GPS agrícola é uma ferramenta valiosa para ajudar o produtor a melhorar a gestão da fazenda, otimizar as operações agrícolas e ajudar a aumentar a produtividade da lavoura. 

Neste artigo, explicaremos como o GPS pode ser usado na agricultura, quais os seus benefícios e como essa tecnologia pode ser utilizada pelo produtor rural para aumentar seus ganhos. Continue a leitura!

O que é GPS agrícola?

O GPS agrícola é uma ferramenta da agricultura de precisão. Esse instrumento é fundamental para ter acesso a dados geográficos mais precisos, essenciais para orientar estratégias e operações agrícolas. Dessa forma, é possível aumentar a eficiência e a produtividade da lavoura.

Como funciona o GPS na agricultura? 

uma ilustração de mapeamento de terras de uma fazenda feita com um gps agrícolaPINs georreferenciados são usados para a demarcação de área na lavoura.

O primeiro passo para entender como funciona o GPS na agricultura é compreender o conceito de GPS. Essa sigla se refere ao termo Global Positioning System, também conhecido como Sistema de Posicionamento Global

Trata-se de um sistema de orientação por satélite, que permite determinar com precisão a localização e a velocidade de um receptor GPS em qualquer lugar do planeta. 

O funcionamento desse sistema é bem simples. Os satélites enviam sinais de rádio para os receptores GPS, também chamados de aparelhos GPS.

Esses receptores localizados no tablet, smartphone e até no trator agrícola, por exemplo, interpretam esses sinais de rádio. Assim, é possível identificar a posição geográfica exata do receptor.

Quanto maior o número de satélites ao alcance do receptor, maior será a precisão das informações coletadas. O ideal é que o aparelho de GPS esteja ao alcance de pelo menos três satélites de posicionamento para coletar dados de forma mais eficiente.

O GPS na agricultura funciona da mesma forma. A diferença é que o aparelho receptor está acoplado a um equipamento ou máquina agrícola. O receptor também pode ser utilizado em um dispositivo eletrônico, como smartphone e tablet, utilizado pelo agricultor ou funcionário da fazenda. 

As informações coletadas pelos receptores GPS podem ser usadas para mapear suas áreas de cultivo, orientar equipamentos agrícolas ao longo de trajetórias precisas, entre outras aplicações. 

Quais os benefícios do uso do GPS agrícola?

O uso do GPS na agricultura proporciona diversos benefícios, como a melhoria da eficiência, da produtividade e da sustentabilidade das operações agrícolas. 

Confira abaixo as principais vantagens de utilizar essa tecnologia no campo.

Permite o rastreamento do maquinário

Um dos principais benefícios dessa tecnologia é a possibilidade de rastrear equipamentos e máquinas agrícolas

Esse tipo de GPS pode ser utilizado até mesmo para rastrear funcionários na fazenda, desde que eles utilizem um dispositivo com geolocalização. 

Graças a esses recursos, é possível acompanhar a execução de tarefas e operações agrícolas. Além disso, o rastreamento também evita prejuízos relacionados a roubos e furtos, já que reduz o tempo de procura pelas máquinas.

Otimiza a trajetória das máquinas

O GPS permite a orientação precisa de equipamentos agrícolas, como tratores e colheitadeiras. Afinal, ele fornece dados sobre a localização do maquinário

Com base nos dados coletados por esse instrumento, o produtor pode definir trajetórias mais eficientes, evitando que a máquina passe no mesmo local mais de uma vez, por exemplo.

Isso reduz o consumo de combustível, a aplicação de insumos agrícolas e até falhas na semeadura e colheita.

Aumenta a eficiência das operações agrícolas

Ao facilitar o monitoramento agrícola, otimizar trajetórias e até permitir o controle remoto do maquinário, o GPS também aumenta a eficiência das operações agrícolas, desde o pré-plantio à colheita. 

Afinal, o produtor utiliza os dados coletados pelo satélite para orientar seus equipamentos agrícolas, reduzir gastos e melhorar o planejamento. Esses e outros benefícios otimizam o manejo das operações na lavoura.

Melhora a precisão da amostragem de solo 

Imagem de uma colheita de soja sendo mapeada.Mapeamento da colheita de soja pelo FV Drive - mapa de produtividade.

O produtor precisa fazer a análise do solo antes de iniciar o plantio e, se necessário, para monitorar as condições do solo durante o desenvolvimento da lavoura. 

Para garantir uma análise mais eficiente, é fundamental que a amostragem do solo seja feita com precisão. 

Ou seja, os pontos de amostragem devem ser marcados e identificados da forma correta.  Isso é possível somente se o agricultor marcar os pontos de coleta utilizando os dados do GPS. 

Facilita a gestão de recursos hídricos

O GPS também é usado na gestão de recursos hídricos, permitindo que os agricultores monitorem e controlem a irrigação com precisão. Isso permite a economia de água e garante que as culturas recebam a quantidade adequada de umidade para o seu desenvolvimento.

Permite o monitoramento da fazenda

O uso do GPS agrícola permite o monitoramento das operações e condições no campo. Esse processo se torna mais eficiente se for realizado em conjunto com outros recursos da agricultura inteligente, como sensores e softwares agrícolas.

Assim, é possível realizar o monitoramento da fazenda em tempo real, facilitando a identificação e solução de problemas que podem colocar em risco a produtividade da lavoura.

Melhora o planejamento agrícola

Os dados coletados pelo GPS tornam a análise do solo e o monitoramento da lavoura mais eficiente, fontes de informações essenciais para um bom planejamento da lavoura.

Isso porque dados sobre fertilidade, pragas e doenças, entre outros, devem ser consultados para definir as melhores estratégias de manejo da próxima safra. Por isso, essa ferramenta também ajuda o produtor a planejar a atividade agrícola e obter os melhores resultados.

Aumenta a precisão dos mapas agrícolas

Conforme explicado, o uso de GPS agrícola fornece dados geográficos precisos que favorecem a coleta eficiente de amostras de solo. Com base nesses dados e na análise de solo, é possível criar mapas agrícolas detalhados da propriedade. 

Isso ajuda os agricultores a entender melhor as características do solo, as variações na umidade, a topografia e outras informações essenciais para tomar decisões mais assertivas.

Reduz custos

Por ajudar a reduzir o uso de insumos e otimizar as operações agrícolas, o uso do GPS na agricultura também permite que o agricultor diminua seus custos operacionais.

Aumenta a produtividade da lavoura

O GPS fornece dados essenciais para ajudar o produtor a tomar decisões mais assertivas sobre o manejo da lavoura. Conforme explicado, a ferramenta facilita desde a gestão de recursos e análise do solo, até o planejamento e as operações na fazenda. 

Por esses motivos, essa tecnologia também ajuda a aumentar a produtividade das culturas e a qualidade dos produtos agrícolas.

Como o GPS agrícola ajuda a aumentar a produtividade e eficiência das lavouras?

Produtor analisa os dados da safra pelo seu tabletProdutor acompanha no tablet os dados da colheita da soja.

O GPS agrícola é uma das tecnologias que possibilitaram a modernização da agricultura e o aumento da produção agrícola. 

Hoje, é praticamente impossível falar em agricultura de larga escala sem o apoio de ferramentas como o GPS, que viabilizam a adoção de estratégias mais eficientes de manejo e gestão da fazenda.

Afinal, o GPS fornece informações geográficas precisas, que permitem aos agricultores tomar decisões mais assertivas e executar operações agrícolas de forma mais eficiente.

Isso é possível porque essa ferramenta fornece dados utilizados na criação de mapas, no monitoramento da fazenda, na automação de maquinário, entre outras aplicações. 

Por esse motivo, o GPS pode ser utilizado em diversas etapas da produção agrícola, desde a análise do solo até a colheita.

Assim, essa tecnologia otimiza processos, facilita a comunicação entre os profissionais envolvidos nas operações agrícolas, reduz riscos associados à atividade, entre outras vantagens. 

Como resultado, o produtor consegue aumentar a eficiência das operações agrícolas e melhorar a produtividade da lavoura.

Aplicações práticas do GPS agrícola na lavoura

Entender como o GPS pode ser utilizado na lavoura é essencial para compreender por que investir nessa ferramenta. Confira abaixo algumas aplicações práticas dessa tecnologia.

Automação do maquinário agrícola

O uso do piloto automático das máquinas agrícolas é resultado da combinação de diferentes tecnologias. 

Uma delas é o receptor GPS, que deve ser instalado no maquinário para permitir o acompanhamento da sua localização. Dessa forma, é possível orientar a máquina a fazer a trajetória correta, aumentando a eficiência da operação.

Aplicação em taxas variáveis

A aplicação de insumos agrícolas em taxa variável é uma forma eficiente de reduzir o uso de agroquímicos na fazenda, sem prejudicar o desenvolvimento da lavoura. 

No entanto, essas estratégias exigem a utilização de diferentes tecnologias, como um sistema GPS eficiente. Os dados coletados pelo GPS são fundamentais para controlar e orientar essa aplicação.

Monitoramento da lavoura

Os dados do GPS agrícola devem ser utilizados durante a criação de diferentes mapas de agricultura, como fertilidade do solo, pulverização e colheita. 

Com base nesses dados, o produtor consegue definir o melhor momento para o início do plantio ou da colheita, por exemplo.

Os mapas gerados podem indicar a heterogeneidade da produção, permitindo que o produtor identifique fatores que colocam em risco a rentabilidade da lavoura. 

A partir dessa identificação, é possível adotar estratégias mais eficientes para solucionar quaisquer problemas e melhorar a produtividade ao final do ciclo da cultura. 

Em outras palavras, o uso do GPS contribui para o monitoramento da lavoura e para o sucesso da produção agrícola.

Uso sustentável dos recursos hídricos

O GPS também pode ser utilizado para aumentar a eficiência dos sistemas de irrigação utilizados na lavoura. Essa tecnologia é um dos recursos utilizados para viabilizar a irrigação diferencial em cada talhão da fazenda. 

Dessa forma, é possível garantir que as plantas recebam a quantidade de água necessária para o seu desenvolvimento, evitando o encharcamento ou a limitação hídrica.

GPS agrícola deve ser associado a outras ferramentas

O GPS na agricultura é apenas uma das tecnologias que podem ser utilizadas no campo para ajudar o produtor a aumentar a produtividade. Para garantir os melhores resultados, o ideal é associar esse recurso a outras ferramentas da agricultura de precisão e agricultura inteligente. 

Uma dessas ferramentas é o Climate FieldView™, plataforma de agricultura digital da Bayer. Com o FieldView™, o produtor consegue integrar dados agronômicos obtidos de diferentes fontes, como GPS, imagens de satélite e sensores. 

A plataforma ainda oferece recursos avançados para gerar mapas e relatórios que facilitam o monitoramento da fazenda e ajudam o produtor a tomar decisões mais assertivas. 

Assim, gerenciar as operações agrícolas e otimizar os resultados da lavoura é muito mais fácil.

Conheça todos os recursos do Climate FieldView™ e melhore a produtividade da sua fazenda!

 

Nova call to action

Compartilhar:
Curtiu nosso conteúdo?
Deixe seu comentário abaixo.

SOMOS HISTÓRIAS DE
SUCESSO

Confira casos reais de lavoura que estão conquistando resultados extraordinários contadas por quem entende melhor do que ninguém: você.
Ver todas