Agricultura moderna: como a evolução das colheitadeiras potencializou a produção agrícola

Por Equipe FieldView™

Dec 15, 2021

Com o avanço das máquinas agrícolas, como as colheitadeiras, o produtor pode otimizar o resultado das operações no campo

 

 

Colheitadeira de soja despeja grãos no caminhão transbordo

Colheitadeira de soja despeja grãos no caminhão transbordo: máquinas agrícolas como essa aumentaram a eficiência das operações no campo

 

+ Sem tempo de ler o texto todo? Confira os principais destaques!

Com o desenvolvimento das máquinas agrícolas, o agricultor ganhou um grande aliado para aumentar a produção da lavoura. Entre os equipamentos que surgiram, as colheitadeiras estão entre os que mais contribuem para a otimização dos resultados no campo.  

A colheitadeira de grãos, por exemplo, se desenvolveu muito principalmente nas últimas décadas, ganhando tecnologia embarcada, maior capacidade de produção e conectividade, sendo grande aliada da agricultura digital. 

Com o uso de diferentes dispositivos acoplados, o produtor pode fazer o mapeamento da colheita, obtendo, em tempo real, dados como produtividade, umidade dos grãos e velocidade. Apesar do grau tecnológico que as colheitadeiras atuais atingiram, a tendência é que evoluam ainda mais. Para estas máquinas, apenas o céu é o limite!

Boa leitura!

+++

 

Com o advento da agricultura moderna, uma das grandes conquistas do agricultor foi a mecanização agrícola, que proporcionou ao produtor realizar operações antes inimagináveis. 

Este desenvolvimento das diferentes máquinas agrícolas possibilitou ganho exponencial de eficiência. 

Neste artigo, saiba mais sobre esses equipamentos, principalmente a respeito da evolução das colheitadeiras, que é uma das máquinas que mais têm contribuído para a revolução no campo.

+ LEIA: A agricultura moderna e a evolução das máquinas agrícolas

 

Qual é a importância da evolução das máquinas agrícolas?

A constante evolução da mecanização agrícola permite resultados cada vez melhores na lavoura. Isto ocorre não apenas pela maior velocidade das operações, mas também porque estes equipamentos potencializam a capacidade do agricultor realizar diferentes operações no campo.

Desde quando o agricultor trocou os arados puxados por cavalos por máquinas, no período da Revolução Industrial, o avanço da mecanização das práticas agrícolas nunca mais parou. As primeiras colheitadeiras, por exemplo, surgiram nos Estados Unidos e Inglaterra no final dos anos de 1700. 

Hoje, às diferentes atividades que são realizadas no campo, como plantio, adubação, pulverização, irrigação, colheita, enfardamento e transporte, podem contar com o apoio das máquinas, que são cada vez mais dotadas de alta tecnologia.

 

Máquina moderna realiza a colheita de soja 

Máquina moderna realiza a colheita de soja 

 

Graças à expansão da conectividade no campo, hoje o agricultor pode acompanhar diferentes informações sobre as operações agrícolas por meio de um tablet ou do smartphone. Assim, ele pode obter diferentes dados, muitas vezes em tempo real, como:

  • Velocidade dos equipamentos; 
  • Trajeto percorrido ou áreas da fazenda que foram cobertas;
  • Qualidade da operação;
  • Umidade dos grãos;
  • Data em que a operação ocorreu em cada talhão;
  • Quantidade de grãos colhidos nas regiões da fazenda;
  • Produtividade final por tipo de híbrido ou variedade.

Com a evolução das colheitadeiras, pulverizadores e semeadores, podem são acompanhadas remotamente, são rastreadas via satélite e geram, durante a operação, diferentes dados que podem ser analisados pelo agricultor. 

A rota desses equipamentos pode ser modificada durante a própria operação, caso alguma falha seja detectada. Além disso, simples ajustes possibilitam à máquina operar no piloto automático, gerando maior precisão no trabalho e redução de gastos com combustíveis ou defensivos.

 

+ Assista no FieldView™ TV: DICAS PARA DIMINUIR PERDAS NA COLHEITA - EP. 06 CASSIO KOSSATZ

 

 

Tipos de máquinas agrícolas

Em suma, a mecanização agrícola consiste no uso de máquinas para a realização de diferentes processos ou operações no dia a dia da lavoura. Entre as mais utilizadas, podemos citar:

  • Colheitadeiras;
  • Enfardadoras;
  • Pulverizadores;
  • Semeadoras/plantadeiras.

Cada uma é responsável por um processo específico ao longo da safra, potencializando resultados desde a semeadura até o pós-colheita. O uso desses equipamentos reduz o custo com insumos e otimiza o trabalho da mão de obra

 

Operador conduz a colheitadeira no milharal para realizar a colheita do grão

Operador conduz a colheitadeira no milharal para realizar a colheita do grão: máquinas modernas podem ser operadoras com facilidade e oferecem conforto para quem está na cabine

 

O que é uma colheitadeira?

Dentre os equipamentos que revolucionaram o trabalho no campo, vale destacar a colheitadeira. Esta máquina agrícola é utilizada para otimizar os processos de colheita de diferentes culturas, tais como:

 

Colheitadeira de trigo executa processo de debulha e limpeza dos grãos durante a operação

Colheitadeira de trigo executa processo de debulha e limpeza dos grãos durante a operação

 

A principal função do maquinário é realizar a colheita. Porém, alguns modelos se destacam também por executarem os processos de debulha e limpeza dos grãos. É o caso dos equipamentos que fazem a colheita do milho, do trigo e da aveia. 

A colheitadeira de grãos consiste, basicamente, em um trator geralmente pilotado por um operador. É equipado com uma estrutura cilíndrica com pequenas lâminas nas pontas. Esta estrutura, situada à frente da máquina, toca a base das plantas, ceifando-as e sugando-as para dentro do equipamento, onde os grãos são separados da massa verde.

O produto do cultivo é armazenado dentro da própria colheitadeira. Já a matéria orgânica restante é descartada de volta na lavoura.

 

Equipamento faz a colheita do canavial

Equipamento faz a colheita do canavial: a tecnologia de uma colhedora de cana-de-açúcar segue um conceito diferente em relação à utilizada na colheita de grãos

 

No mercado, também existem variação de modelos de colheitadeiras, que se diferenciam de acordo com as características de cada cultura. É o caso das máquinas usadas para colher café e cana-de-açúcar.

+ CONFIRA: Quatro dicas para evitar perdas na colheita do milho safrinha

 

Como aconteceu a evolução das colheitadeiras?

Quem entra hoje em uma colheitadeira se impressiona com todo o aparato tecnológico disponível. 

As máquinas mais modernas oferecem conforto ao condutor, com cabines equipadas com ar condicionado, direção hidráulica, piloto automático, tela sensível ao toque ou suporte para a conexão com tablets.

Contam ainda com sensores de calibração automático, GPS e até câmeras digitais nos elevadores de retrilha, responsáveis pela separação entre a palha e o grão colhido, e estão aptas a operar com softwares para agricultura digital. 

Mas nem sempre foi assim. As primeiras colheitadeiras de grãos começaram a ser utilizadas nas lavouras brasileiras em meados da década de 60. Tinham capacidade para colher, em média, cerca de 500 sacas de 60 quilos de soja por dia e eram consideradas um grande avanço tecnológico para a época.

Para se ter ideia da evolução desde então, as máquinas atualmente conseguem colher seis vezes mais: uma média de 3 mil sacas, em apenas oito horas. 

Esse maquinário surgiu nos idos de 1960, quando era conhecido como ceifadeira. Era mais lento e pesado do que o atual, o que poderia gerar uma enorme pressão e resultar na compactação do solo, prejudicando a disponibilidade de oxigênio e a infiltração de água. 

+ CONFIRA TAMBÉM: Maquinário agrícola: como gerenciar com o auxílio da tecnologia

 

Como uma colheitadeira torna a operação de colheita mais eficiente

A evolução tecnológica das máquinas agrícolas possibilitou que hoje esses equipamentos sejam equipados com dispositivos que geram dados sobre a lavoura para serem usados na tomada de decisão do agricultor.

 

Colheitadeira faz a colheita de milho em um dia ensolarado

Colheitadeira faz a colheita de milho em um dia ensolarado: equipamento evoluiu muito nas últimas décadas

 

Exemplo é o FieldViewTM Drive, dispositivo da plataforma de agricultura digital Climate FieldViewTM, da Bayer. Ele é acoplado à colheitadeira, realizando o mapeamento da lavoura durante a operação de colheita. 

Com esta tecnologia digital, o produtor pode obter informações em tempo real sobre a operação por meio do tablet ou celular. Recebe dados como quantidade de sacas colhidas por área (produtividade), umidade do grão colhido e velocidade da máquina. 

Quando utilizado durante a colheita, o FieldViewTM Drive gera Mapas de Produtividade, permitindo ao produtor ter acesso a detalhes sobre o resultado final da colheita em cada região do talhão. 

 

Nova call to action

 

Qual a importância das colheitadeiras para o futuro do agro?

Quem se impressiona com o porte e a tecnologia embarcada das máquinas agrícolas em feiras como a Agrishow, já pode se animar. A revolução da mecanização agrícola vai continuar.

Na avaliação de especialistas, a tendência é que os equipamentos agrícolas do futuro sejam ainda mais conectados, com a compilação e a troca de dados entre máquinas agrícolas, o emprego de trabalhadores mais qualificados, além da incorporação crescente de outras tecnologias, como a Inteligência Artificial. 

 

+ SAIBA MAIS: Por que compatibilizar máquinas agrícolas com plataformas de agricultura digital?

 

E o aumento da conectividade nas áreas rurais deve beneficiar ainda mais o uso de plataformas de agricultura digital, a exemplo da Climate FieldView™, possibilitando ao produtor ter um “olhar” ainda mais detalhado das operações e otimizar o resultado da lavoura.

Com o avanço da tecnologia e a análise dos dados gerados nas diferentes operações, o produtor poderá cada vez mais, junto ao seu engenheiro agrônomo, tomar decisões mais assertivas e rápidas, evitando prejuízos e aumentando a lucratividade da safra.

Depois de tanta informação, não restam dúvidas de que a evolução das colheitadeiras assegura um futuro cada vez mais promissor ao agronegócio. Quer saber mais? Que tal aprender como gerenciar um maquinário agrícola com o auxílio da tecnologia?

 

+ Acompanhe mais sobre este assunto nos artigos:

* Colheita da soja: 6 passos para assegurar sua produtividade

* Colheu a safra de verão? Veja o que fazer no pós-colheita

* Colheita de Milho: como saber se o milho está pronto?

 

Quer ficar por dentro do que a agricultura digital pode fazer por você?

Nova call to action

Compartilhar:
Curtiu nosso conteúdo?