Quais os benefícios do uso de imagens de satélite na agricultura?

Por Equipe FieldView™ em 06/12/2021 16:09:51

O monitoramento de fazenda via satélite no dia a dia do campo foi uma grande evolução da tecnologia agrícola que permitiu ao produtor obter dados detalhados de cada região da lavoura

 

 

Satélites artificiais que orbitam o Planeta Terra geram dados para diferentes setores, como a agricultura

Satélites artificiais que orbitam o Planeta Terra geram dados para diferentes setores, como a agricultura

 

+ Sem tempo de ler o texto todo? Confira os principais destaques!

Os dados gerados através das imagens de satélite na agricultura têm sido cada vez mais aplicados por diferentes atividades no campo possibilitando ao produtor monitorar melhor a lavoura e tomar decisões mais assertivas.

Ao falar sobre os benefícios das imagens de satélite na lavoura, o produtor pode identificar falhas nas operações realizadas no campo e identificar problemas que podem estar impedindo o máximo desenvolvimento da cultura, como pragas, doenças e plantas daninhas.

Com elas, é possível identificar problemas na formação do stand, acompanhar o desenvolvimento vegetativo da cultura, analisar imagens históricas da área e mapear a produtividade da safra nos diferentes talhões da fazenda. 

Boa leitura!

 

+++

Com o avanço tecnológico, a agricultura teve grandes implementações em seu dia-a-dia. Entre elas, o monitoramento de fazenda via satélite trouxe a possibilidade de analisar com maior precisão e riqueza de dados o desenvolvimento dos diferentes talhões da fazenda e otimizar os processos agrícolas realizados ao longo da safra.

Se você não entende por que o uso de imagens de satélite na agricultura é uma grande ferramenta da agricultura digital para o produtor, não se preocupe! Neste artigo, mostraremos os benefícios do uso desta tecnologia.

 

+ LEIA: Como são geradas as imagens de satélite, veja a tecnologia que ajuda sua lavoura

 

Os satélites transmitem do espaço sinais que permitem observar o que acontece no planeta

Os satélites transmitem do espaço sinais que permitem observar o que acontece no planeta: equipamento é um dos maiores feitos do ser humano

 

Um dos maiores feitos do ser humano foi a inserção de satélites na órbita da Terra. Esses equipamentos transmitem sinais, como o de TV, que permitem observar constantemente o que acontece em nosso planeta.   

As imagens via satélite possuem alta resolução e possibilitam gerar grandes taxas de zoom para um acompanhamento mais detalhado. Essa tecnologia é principalmente usada para:

  • Estudar mudanças climáticas;
  • Analisar fenômenos naturais;
  • Observar determinadas áreas em tempo real.

Hoje esta tecnologia ganha espaço no campo pela aproximação entre o agronegócio com os avanços tecnológicos. Quem tem a ganhar é o produtor da agricultura moderna, que se beneficia cada vez mais do uso de imagens de satélite na agricultura.

 

Nova call to action

 



Como as imagens de satélite otimizam as decisões tomadas pelo agricultor?

Com o uso das imagens de satélite na agricultura, é possível gerar mapas georreferenciados contendo diferentes zonas de manejo. 

Para que essas informações sejam geradas, os mapas por satélite agem em conjunto a outros sensores presentes no campo, cruzando os dados por meio da Internet das Coisas (IoT), o que proporciona maior precisão em todas as análises. 

Estas imagens podem apoiar o produtor nas decisões que precisa tomar em diferentes momentos da safra. Confira alguns exemplos a seguir. 

 

1. Identificação de problemas na formação do stand

As imagens mostram talhões com falhas na formação da cultura logo após o plantio, o que pode ser indicativo da presença de pragas, doenças ou plantas daninhas, além de outros fatores que podem prejudicar o estabelecimento e o crescimento da lavoura. 

De acordo com a gravidade do prejuízo causado no talhão, o produtor pode analisar rapidamente a necessidade de algum manejo diferenciado e a viabilidade de se fazer o replantio do local.

 

2. Acompanhamento do desenvolvimento vegetativo

O satélite tira fotos da lavoura e um algoritmo gera mapas a partir destas imagens; desta forma, o produtor tem condições de acompanhar, ao longo da safra, o crescimento das plantas em cada talhão.

Caso identifique algum problema no desenvolvimento da cultura, pode enviar uma equipe até o local para verificar o que está acontecendo e, assim, tomar medidas assertivas de manejo.

 

Imagens de satélite da lavoura

  Imagens de satélite da lavoura permitem identificar a variabilidade da formação da biomassa e tendências de produtividade em cada talhão (Foto: Embrapa)

 

3. Análise de imagens históricas de satélite

As imagens de satélite geradas nas últimas safras podem ser usadas pelo produtor para melhorar o manejo das diferentes áreas da lavoura na safra atual. Por isso, um talhão de soja que foi infestado, por exemplo, por reboleiras de buva pode receber um manejo mais adequado. 

Além disso, é possível comparar os mapas por satélite da safra atual com as imagens históricas e conferir se as práticas adotadas têm sido as melhores em cada região da fazenda ou se é melhor adotar novos manejos. 

O armazenamento das imagens históricas e atuais, e a comparação desses dados tornou-se mais simples por conta da alta capacidade do Big Data para gerir e analisar os dados na agricultura digital.

 

Nova call to action

 

4. Checagem de produtividade

Após a colheita, o produtor pode comparar o mapa de produtividade de cada talhão com as imagens de satélite desta mesma área geradas ao longo da safra. Desta forma, é possível:

  • Confirmar se as regiões com melhor desenvolvimento vegetativo nas imagens de satélite são as com maior produtividade; 
  • Comprovar se o baixo crescimento vegetativo de alguns talhões teve reflexo na produtividade; assim, é possível analisar a fundo as causas deste problema e adotar manejos adequados;
  • Conferir se os manejos realizados ao longo da safra para melhorar a produtividade da lavoura foram bem-sucedidos;
  • Planejar com maior assertividade a próxima safra, comprando insumos e adotando manejos a partir da análise dos dados do último ciclo.

O produtor que tem interesse em utilizar os benefícios das imagens de satélite para potencializar a gestão de sua lavoura, pode recorrer a diferentes tecnologias da agricultura digital disponíveis no mercado, como o Diagnóstico FieldViewTM, que é uma das funcionalidades da plataforma Climate FieldViewTM, da Bayer

Essa ferramenta digital permite ao produtor acompanhar cuidadosamente o crescimento vegetativo da cultura em cada talhão a partir de imagens de satélite, que são geradas utilizando um índice chamado NDVI.  

 

Mapa de Monitoramento gerado por meio de uma imagem de satélite real

À esquerda, Mapa de Monitoramento gerado por meio de uma imagem de satélite real, apontando a variabilidade de cores entre verde, amarelo e vermelho; à direita, Mapa de Produtividade do mesmo talhão indicando também uma variabilidade na produção final. Ao se correlacionar estes mapas, é possível identificar o baixo desenvolvimento vegetativo do talhão na parte superior (vermelha), o que é indicativo de baixa produtividade

 

O que é imagem NDVI? 

O Índice de Vegetação da Diferença Normalizada (NDVI) é resultado da interação da radiação do sol sobre alvos terrestres, como nas plantas de uma lavoura. 

Na agricultura, o NDVI atua diretamente na medição da saúde da cultura, uma vez que calcula a radiação solar refletida pela vegetação por meio de sensores, gerando imagens e mapas da variabilidade de desenvolvimento da lavoura.

No mercado agrícola, existem diferentes empresas que disponibilizam imagens de satélite para serem utilizadas na gestão do campo. A Climate FieldView™, por exemplo, disponibiliza ao agricultor três tipos de imagens: Imagem Real, Mapa de Vegetação e Mapa de Monitoramento.

 

Três tipos de imagens disponibilizadas pelo NDVI

              
 Imagem Real da Climate FieldView

Imagem Real da Climate FieldView

Mapa de Vegetação - Diagnóstico FieldView
Mapa de Vegetação da Climate FieldView

Mapa de Monitoramento - Diagnóstico FiedlView

Mapa de Monitoramento da Climate FieldView

Imagem Real (à esq.): foto do satélite sem processamento para verificar a presença de nuvens; Mapa de Vegetação (ao centro): evidencia áreas de maior e menor desenvolvimento vegetativo e pode ser usado para comparar diferentes talhões da fazenda; Mapa de Monitoramento: ajuda a priorizar áreas com maior necessidade de monitoramento dentro de um mesmo talhão (à dir.) 

 

+ CLIQUE AQUI E CONFIRA TUDO SOBRE AS IMAGENS DE SATÉLITE QUE O FIELDVIEWTM DISPONIBILIZA AO AGRICULTOR

 

Quais os benefícios das imagens de satélites?

Com o uso de imagens de satélite na agricultura familiar e na agricultura comercial, é possível realizar o acompanhamento periódico na lavoura. 

Com as imagens disponibilizadas, o produtor pode fazer o acompanhamento detalhado de todos os momentos da safra e, assim, tomar decisões com base em dados. 

E as imagens de satélite NDVI podem ser utilizadas praticamente em todas as culturas agrícolas em que o produtor tenha o interesse em acompanhar o desenvolvimento de seus campos, monitorando-os e identificando pontos de variabilidade. 

Sua utilização também auxilia no gerenciamento de diferentes dados e suas possíveis correlações, como: população de plantas, variabilidade na formação de biomassa, tendências de produtividade da área, janela de plantio, pulverização, tipos de manejo etc.

                     

vista aérea de fazenda dividida em talhões       

Vista aérea de fazenda dividida em talhões

 

Com o auxílio de outros sensores presentes no campo, a assertividade das informações prestadas por esses equipamentos melhoram continuamente. Por isso, sem dúvida, os satélites são grandes aliados dos produtores da atualidade e tendem a ser cada vez mais utilizados no campo. 

Independente de qual é o aparato tecnológico utilizado - máquinas inteligentes, drones, satélites etc -, se o agricultor almeja potencializar sua produção, precisa melhorar a assertividade de suas decisões ao longo da safra. 

Para isso, toda tecnologia é bem-vinda para acompanhar a cultura, inclusive aquela que, mesmo em órbita, está à serviço do produtor rural. Se você deseja se aprofundar neste assunto, fique por dentro de todas as inovações tecnológicas no agronegócio!

 

+ Acompanhe mais sobre este assunto nos artigos: 

* A qualidade dos mapas de satélite aprimorada pelo uso da inteligência artificial

* Evolução da agricultura no Brasil: ciência de dados a serviço do produtor rural

* Software de gestão agrícola: tudo o que você precisa saber

 

Quer ficar por dentro do que a agricultura digital pode fazer por você?

Nova call to action

Compartilhar:
Curtiu nosso conteúdo?
Deixe seu comentário abaixo.

SOMOS HISTÓRIAS DE
SUCESSO

Confira casos reais de lavoura que estão conquistando resultados extraordinários contadas por quem entende melhor do que ninguém: você.
Ver todas