Quais são os principais tipos de implementos agrícolas?

Por Equipe FieldView™

Feb 21, 2022

Diferentes equipamentos podem ser acoplados a um trator para realizar as operações agrícolas; essas tarefas que executam na lavoura podem ser otimizadas com o uso de softwares e sistemas cada vez mais modernos

  Implemento de pulverização aplica defensivo em lavoura de soja

 Implemento de pulverização aplica defensivo em lavoura de soja

 

+ Sem tempo de ler o texto todo? Confira os principais destaques!

Os implementos agrícolas são uma importante ferramenta para o agricultor ganhar rentabilidade e agilidade na execução de diferentes manejos na lavoura. Além disso, as operações ganham versatilidade, uma vez que, a cada tarefa, basta trocar o implemento que está conectado ao trator. 

Esse tipo de equipamento tem sido bastante desenvolvido no Brasil, interagindo cada vez mais com diferentes dispositivos e sistemas tecnológicos disponíveis no mercado, como as plataformas de agricultura digital.

Em cada momento da safra e de acordo com as necessidades da lavoura, o agricultor pode utilizar um dos diferentes tipos de implementos agrícolas, como arado, plantadeira, grade, pulverizador e subsolador. É sempre importante saber como usá-los e como é possível otimizar o desempenho de cada um utilizando alguma ferramenta tecnológica.

Boa leitura!

 

+++

Em uma propriedade rural, tão importante quanto as máquinas são os implementos agrícolas, que dão versatilidade ao produtor na execução de diferentes tarefas ao longo da safra. 

Eles são usados na realização do manejo do solo e da própria cultura, possibilitando agilidade nos processos de produção, aumento da rentabilidade e, muitas vezes, exigem menor investimento financeiro em comparação com a aquisição de uma máquina. 

Em sintonia com as demandas do agricultor e com as características da agricultura brasileira, os implementos agrícolas têm evoluído constantemente. 

Por isso, esse tipo de equipamento agrícola tem interagido cada vez mais com diferentes dispositivos e sistemas tecnológicos disponíveis no mercado, permitindo usar as ferramentas da agricultura digital em todas as operações da fazenda. 

Quer conhecer quais são os principais implementos agrícolas que o produtor pode utilizar no dia a dia da lavoura e como eles podem ser usados? Fique com a gente!

+ LEIA: Quais são os principais tipos de máquinas agrícolas e como usá-los?

 

O que são os implementos agrícolas?

Os implementos agrícolas são equipamentos que são conectados aos tratores, entre outras máquinas agrícolas com tração e que permitem essa integração com um segundo elemento.

Ao ser acoplado a um implemento, o trator pode realizar funcionalidades extras na lavoura, facilitando o trabalho em diferentes fases da safra.

 

Quais são os implementos agrícolas mais utilizados?

Existem diferentes tipos de implementos agrícolas disponíveis no mercado. No entanto, cinco equipamentos se destacam em função de sua funcionalidade na lavoura. Confira!

 

Arado de disco faz o preparo do solo

Arado de disco faz o preparo do solo

 

    Arado

O arado é um tipo de implemento utilizado com o objetivo de preparar o solo para o início do plantio de sementes. Ele é construído para revolver as camadas superficiais do solo, permitindo a mistura da terra, a retirada de plantas daninhas e o enterro de restos culturais.

Ele facilita a infiltração de água no solo, a aplicação de adubos, entre outros insumos corretivos, auxiliando no preparo para a fase de semeadura. É o implemento mais utilizado para construir curvas de nível.

Existem dois tipos de arado: de discos e de aivecas.

  •     Arado de discos - o número de discos, o sistema de acoplamento, o diâmetro desses componentes, entre outras características, pode variar.
  • Arado de aivecas possui disco de corte em “V”, permitindo que o tombamento do solo seja feito com maior eficiência.

+ SAIBA MAIS: Por que compatibilizar máquinas agrícolas com plataformas de agricultura digital?

 

    Semeadora (plantadeira)

Também chamada de plantadeira, a semeadora é o implemento agrícola responsável por depositar as sementes no solo. Sua função pode parecer simples, mas a verdade é que esse componente evoluiu muito e acumulou tecnologias para tornar a semeadura mais precisa.

É possível utilizar, por exemplo, a semeadora-adubadora, em que não apenas ocorre o depósito da semente, mas também o adubo é colocado no sulco.

As semeadoras mais modernas contam com sensores que permitem seu monitoramento em tempo real e impedem a sobreposição de sementes, evitando a distribuição irregular no solo.

Com o avanço da agricultura 4.0, este tipo de implemento agrícola pode começar a perder espaço no mercado com a evolução das semeadoras motorizadas. Alguns modelos, inclusive, são tão modernos que dispensam piloto na cabine para conduzir o equipamento.

 

Plantadeira conectada a um trator realiza o plantio da lavoura                     Plantadeira conectada a um trator realiza o plantio da lavoura

 

Para isso, o equipamento pode ser conectado a softwares de agricultura digital, que permitem que a operação seja toda mapeada, possibilitando, por exemplo, acompanhar a velocidade da máquina e gerar Mapas de Plantio e de População de Sementes.

  

Grade

As grades desempenham uma função parecida com o arado, já que ambos são utilizados no preparo do solo.

Em função de sua construção, este implemento é utilizado para fazer o nivelamento do solo, incorporar insumos, quebrar e desagregar torrões, além de misturar restos culturais de forma superficial.

Porém, as grades são utilizadas para outras finalidades, como o melhoramento das condições de semeadura e germinação de sementes. Podem ser classificadas em grades de dentes, de mola e de disco. 

+ CONFIRA TAMBÉM: Economia no plantio: produtor poupa R$20,59/ha ao identificar o “embuchamento” da máquina

 

    Pulverizador

Anteriormente, abordamos os pulverizadores autopropelidos. Mas existem diferentes tipos de pulverizador, que vão desde os modelos de uso manual (que podem colocar em risco a saúde do trabalhador), até o implemento de pulverização.

Neste último caso, o implemento é conhecido como pulverizador de barra, porque conta um tanque de armazenamento em que o defensivo deve ser colocado, sendo que a aplicação do produto ocorre através de uma barra com vários aplicadores.

 Equipamento agrícola puxado pelo trator prepara o solo para o plantio   Equipamento agrícola puxado pelo trator prepara o solo para o plantio

 

Subsolador

O trânsito de diferentes tipos de máquinas agrícolas e o intenso cultivo de culturas podem provocar a compactação do solo. O problema é que esse adensamento dificulta o desenvolvimento de raízes e o estabelecimento da lavoura.

Por isso, ao perceber que o solo está muito compactado antes do plantio, o agricultor pode utilizar o subsolador.

Este implemento é responsável por executar a subsolagem do solo, que é o processo de rompimento das camadas compactadas de terra.

O subsolador é construído com hastes de metal com mais de um metro de comprimento, capazes de reduzir a resistência do solo, aumentar a oxigenação e ainda melhorar a sua drenagem. 

Implemento conectado a um trator aplica fertilizante no solo

Implemento conectado a um trator aplica fertilizante no solo

 

Softwares otimizam o desempenho dos implementos agrícolas

Além dos equipamentos citados acima, também existem outros tipos de implementos agrícolas, como ceifadeiras, escarificadores, enxadas rotativas, adubadoras e enfardadoras

Cada vez mais dotados de tecnologia, eles permitem gerenciar a aplicação de insumos, analisar as condições do tempo, monitorar a qualidade do solo etc.

Gerenciar as operações realizadas por esses equipamentos com softwares ou por plataformas de agricultura digital, como a Climate FieldViewTM, da Bayer, é uma ótima forma de aumentar a eficiência do trabalho realizado.

 

Nova call to action

 

Ao associar a tecnologia digital e o implemento, é possível, por exemplo, gerar relatórios, detectar falhas em tempo real, monitorar a qualidade da execução do trabalho, acompanhar a velocidade da máquina e mapear a operação. E todas essas informações podem ser armazenadas na nuvem. 

Além disso, aliar as tecnologias digitais com os implementos agrícolas também permite ao agricultor planejar melhor cada dia da lavoura ao longo de toda a safra, podendo otimizar melhor seu tempo e recursos. 

 

+ Acompanhe mais sobre este assunto nos artigos:

 

Quer ficar por dentro do que a agricultura digital pode fazer por você?

Nova call to action

Compartilhar:
Curtiu nosso conteúdo?