6 passos para o planejamento da safra e como a agricultura digital pode contribuir

Por Equipe FieldView™

Apr 26, 2021

O ponto de partida de uma lavoura rentável é o planejamento. Para ter sucesso, esse processo precisa ser bem estruturado e embasado em dados sobre cada talhão.

 

smart farm - milho CAPA

A agricultura digital permite maior assertividade nas diferentes fases do planejamento agrícola

 

A importância do planejamento agrícola ganhou força no Brasil com a maior profissionalização do setor e a consolidação da agricultura 4.0

Mas a sua realização deve ser bem estruturada. Para isso, o produtor pode contar com metodologias e tecnologias cada vez mais modernas e digitais, que conferem assertividade ao processo.

Vamos conhecer, neste artigo, 6 passos para a realização do planejamento agrícola e diferentes ferramentas que a agricultura digital disponibiliza ao gestor no momento de preparar o próximo ciclo.

 

+ CONFIRA: Entenda como a tecnologia 4.0 pode potencializar o resultado da sua lavoura

 

Planejamento agrícola: momento de importantes decisões 

Não seria equívoco afirmar que planejar a safra é o exercício de tomar decisões. Para isso, o produtor tem que se informar, procurar profissionais que o ajudem a montar cenários e utilizar todo seu conhecimento e experiência agronômica.

Contudo, um ponto chave neste momento é que um bom planejamento precisa ser embasado em dados. Caso contrário, corre-se o risco de realizar investimentos indevidos, ou deixar de fazê-los quando forem necessários. 

As decisões tomadas antes mesmo de a safra ser plantada deve levar em conta a análise de ações anteriores na fazenda e compreender seus impactos. Assim, é possível ser mais assertivo ao se:

  • Definir tipo de cultivo, materiais genéticos, bem como janelas ideais de plantio;
  • Avaliar o estoque remanescente de produtos;
  • Comprar insumos e verificar a relação custo-benefício;
  • Avaliar performance do maquinário e operadores;
  • Contratar pessoas e treiná-las;
  • Realizar análises de solo

 

Produtor de soja analisa o campo CAPA 2-1

O gestor da fazenda precisa se basear em dados para planejar as diferentes ações tomadas na safra

 

+ ASSISTA NO FIELDVIEWTM TV: Como explorar o potencial dos talhões através da análise de dados

 

Principais etapas para o planejamento da safra

Com os dados em mãos, se atente aos 6 passos-chave que trouxemos para você planejar sua próxima safra com sucesso.

 

  • Construa o planejamento a partir de dados

Um planejamento elaborado a partir da realidade do campo, embasado em dados precisos e confiáveis, é essencial para que seja o mais assertivo possível.

Para isso, é necessário ter à disposição relatórios, mapas e informações sobre:

  • o que foi feito em cada parte do talhão;
  • onde foram realizadas correções de solo;
  • quais áreas têm sido atingidas por daninhas, pragas e doenças e qual foi o nível de infestação;
  • quais defensivos agrícolas foram aplicados, onde e com qual frequência;
  • o desempenho de cada máquina;
  • a performance das variedades utilizadas nos diferentes ambientes de produção;
  • a população de sementes com melhores resultados em cada área.

Considerar essas camadas de dados permite visualizar mais facilmente o impacto desses diferentes fatores sobre o desenvolvimento e a produtividade da lavoura, ajudando a ter clareza sobre quais foram as práticas foram bem-sucedidas.

Se o produtor sabe, por exemplo, quais inseticidas tiveram bom desempenho no controle de pragas nas últimas safras em determinados talhões e quantas aplicações foram realizadas, esse dado deve ser levado em conta no próximo ciclo.

Por isso, é decisivo para a gestão da lavoura que todos os dados sejam registrados ao longo do ciclo, com precisão e de modo organizado.

 

+ SAIBA MAIS: Obtenha imagens históricas de seu talhão com o Plano de Entrada do FieldViewTM

 

  • Defina os objetivos e resultados esperados

É importante ter clareza do ponto em que se quer chegar com o planejamento. Todas as ações traçadas serão norteadas por esse objetivo central, e com metas que devem ser bem definidas ao longo do ciclo.

O produtor pode, por exemplo, estabelecer objetivos como:

  • aumentar a produtividade em talhões historicamente menos produtivos na lavoura;
  • melhorar a produção de soja em áreas com infestação de buva;
  • antecipar a colheita da oleaginosa em determinadas áreas visando adiantar o plantio do milho safrinha;
  • analisar a possibilidade de plantio de menor população em áreas de alta fertilidade, a fim de reduzir o consumo de sementes.

Os objetivos da safra devem ser definidos e quantificados pelo produtor com clareza no planejamento, que também deve trazer diferentes estratégias para que possam ser atingidos.

 

elaboração do planejamento agrícola

O planejamento precisa ser embasado em diferentes informações sobre a fazenda e o setor

 

+ FIQUE POR DENTRO: Agricultura digital e planejamento da safra

 

  •  Realize o diagnóstico do seu negócio e do mercado em que está inserido

Ao se traçar o planejamento, é imprescindível constatar a situação financeira atual do empreendimento, além de analisar o mercado, o quadro de clientes e concorrentes, o patamar de remuneração dos produtos que são comercializados, se houve aumento de preços de insumos, etc. 

O gestor do negócio precisa estar atento à cadeia produtiva e se há fatores que podem, de alguma forma, impactar a lucratividade do negócio.

Ao fazer o exercício do diagnóstico, é de grande valia se fazer perguntas como:

  • É viável, por conta da cotação internacional, aumentar a produção de soja e reduzir a de milho verão?
  • Vale a pena diminuir a aplicação de fertilizantes nitrogenados por conta do aumento de preços no mercado externo?
  • Pelo custo-benefício obtido na última safra, é interessante ampliar os investimentos em novas tecnologias?
  • Problemas operacionais apresentados por algumas máquinas justificam renovação parcial da frota?

No momento de planejar a próxima safra, variáveis como essas (externas e internas) devem estar no radar do produtor, uma vez que podem influenciar o negócio.

 

plantio de soja

O Plano Operacional define ações estratégicas que devem ser executadas ao longo da safra

 

+ LEIA MAIS: Plano Plus te apoia na gestão do seu negócio

 

  • Desenvolva um Plano Operacional Ótimo

Para a próxima safra, o Plano Operacional Ótimo deve detalhar todas as ações propostas. As estratégias para se atingir os objetivos precisam ser bem estruturadas.

As ações definidas devem responder quatro perguntas básicas a respeito do próximo ciclo: o que, como, quanto e quando. As respostas a essas questões ajudam a delinear o planejamento estratégico da produção agrícola.

 

acompanhar desenvolvimento milho

É importante monitorar o cumprimento das diferentes etapas do cronograma da safra

 

  • Estabeleça o cronograma agrícola

Trata-se de um calendário detalhado de ações que devem ser realizadas ao longo do ciclo, trazendo a explicação de cada uma delas. 

Nesse cronograma de atividades deve estar listada a época certa para as diferentes ações previstas, como:

  • Qual é o momento ideal para cada manejo?
  • Qual a época certa para plantar ou colher?
  • Quando fazer o controle das pragas e doenças?
  • Que estratégias adotar em caso de estiagem?

O plano de ações do planejamento deve considerar o calendário específico de cada cultura e as características climáticas da região, além de prever o momento ideal de plantio da lavoura de inverno. 

controle financeiro planejamento agrícola

Durante a safra é crucial fazer o controle dos gastos para se evitar perda de rentabilidade 

 

  • Estabeleça o planejamento financeiro

Para atingir os objetivos almejados para a próxima safra, o produtor deve traçar o seu planejamento financeiro, identificando, antecipadamente, quais os impactos econômicos das atividades relacionadas às operações planejadas. 

Essa é uma ferramenta que facilita o acompanhamento do desempenho financeiro e no desenvolvimento de planos alternativos, caso se perceba indícios de que algumas metas poderão não ser alcançadas. 

Confira alguns benefícios de se estabelecer o orçamento financeiro para a safra:

  • Permite checar se o ciclo está obtendo o retorno previsto ou desejado;
  • Antever resultados e identificar os motivos que levam a um desempenho diferente do planejado;
  • Auxilia os gestores a coordenar planos para contingência. 

O gestor também deve estabelecer um orçamento para a safra, estimando quanto dispõe em cada mês para fazer frente aos gastos da produção. 

Ao estabelecer um orçamento bem estruturado, é possível, por exemplo, prever gastos num momento em que está prevista a entrada de recursos para o caixa da empresa. 

É preciso que o orçamento seja flexível para se adaptar às necessidades que podem surgir ao longo da execução da programação.

Confira algumas dicas para um planejamento financeiro eficiente no campo:

  • Separar despesas e receitas da família das que são específicas da propriedade rural;
  • Analisar os custos e receitas da atividade;
  • Despesas menores também devem ser computadas;
  • Analisar os fornecedores e fazer cotações de compras;
  • Bom planejamento de vendas.

 

controle de estoque-1

O uso de diferentes tecnologias pode facilitar e otimizar a gestão do planejamento

 

+ ENTENDA: Como Big Data é utilizado na agricultura?

 

Agricultura digital no planejamento da safra

O uso de diferentes tecnologias pode facilitar e otimizar a gestão do planejamento, tanto para processos administrativos, operacionais e de armazenamento, como para análises de performance de produtos e manejos. 

Um grande aliado na execução dessas tarefas pode ser a agricultura digital, que ajuda o produtor a ter uma visão detalhada de cada talhão da lavoura nos diferentes momentos da safra. 

Por meio de plataformas digitais disponíveis no mercado, como Climate FieldViewTM, da Bayer, o agricultor tem acesso fácil e ágil a uma ampla gama de dados - atuais e históricos - da propriedade e que podem embasar um planejamento mais assertivo nas diferentes fases da cultura.

 

CONFIRA TAMBÉM: Com o Diagnóstico FieldViewTM, saiba como você pode identificar e priorizar o monitoramento de pragas e doenças

 

Dentre as ferramentas digitais disponíveis, as imagens de satélite podem ter papel decisivo quando o produtor estiver buscando informações para preparar a safra do ano seguinte, permitindo uma melhor gestão e acompanhamento da lavoura. 

Na Climate, ao usar a funcionalidade chamada Diagnóstico FieldViewTM, o produtor recebe  imagens de satélite da área e pode compará-las com outras camadas de dados também gerados em outras funções do FieldView™, como mapas de produtividade e de parceiros de plataforma, como análises de solo, tendo condições de avaliar as práticas que deram certo ou errado em cada talhão.

 

Nova call to action

 

produtividade de soja

As ferramentas digitais podem fazer a diferença no desempenho do planejamento agrícola

 

Planejamento: apoio para a compra assertiva de insumos

Nesse artigo você conheceu a importância do planejamento agrícola e 6 dicas para construí-lo com assertividade.

Também destacamos que, nesse processo de preparação da próxima safra, o produtor deve embasar as suas decisões em dados atuais e históricos da lavoura.

Para isso, pode utilizar de diferentes plataformas de agricultura digital. Algumas permitem integrar, na mesma ferramenta, dados provenientes de diferentes recursos, como imagens de satélite e drones, mapeamento de operações, análises de solo, e gestão agrícola. 

Essa análise ampla da lavoura permite a definição de um detalhado plano de ações a ser implementado desde o pré-plantio, apoiando a compra assertiva de insumos para as diferentes fases do próximo ciclo. 

Dessa forma, o produtor tem respaldo para adquirir os produtos mais adequados para a realidade da sua fazenda, como sementes/híbridos, fertilizantes, defensivos, no volume ideal e com antecedência. 

Depois das ações delineadas e das compras realizadas, é hora de acompanhar, ao longo da safra, a execução do que foi planejado.

 

+ ADQUIRA: Conheça os nossos planos e escolha o que mais lhe atenda!

 

Quer saber mais sobre FieldView™ ou compartilhar suas experiências com a plataforma?

Nova call to action

Compartilhar:
Curtiu nosso conteúdo?