Radar Meteorológico na Agricultura: como pode ajudar a melhorar a produção e a gestão da fazenda

Por Equipe FieldView™ em 27/02/2023 16:39:29

Associar informações coletadas por radares meteorológicos com outros dados agronômicos é a melhor solução para otimizar o planejamento agrícola e maximizar a produtividade da fazenda.

radar-meteorologico (1)Lavoura de milho.

+ Sem tempo de ler o texto todo? Confira os principais destaques!

O radar meteorológico é um equipamento capaz de detectar e avaliar as características das nuvens e da precipitação, tais como localização, intensidade, direção e movimento da chuva. 

Na agricultura, esse radar é utilizado para monitorar os fatores climáticos que influenciam no desenvolvimento da lavoura, como o volume e intensidade das chuvas. 

Além disso, seus dados orientam decisões estratégicas sobre o manejo da lavoura e aumentam a eficiência do planejamento agrícola. 

Como resultado, o radar meteorológico contribui para a redução de riscos e custos operacionais, bem como para a maximização da produtividade e rentabilidade da safra

Porém, para obter essas e outras vantagens, o produtor precisa utilizar um software agrícola capaz de coletar as informações dos radares e integrá-los a outros dados agronômicos. Assim, ter bons resultados no fim do ciclo de cultivo fica mais fácil!

Boa leitura!

+++

Volume de chuva, velocidade do vento e incidência solar são apenas alguns dos fatores climáticos que influenciam no desenvolvimento da lavoura e no sucesso da atividade agrícola. 

Por isso, produtores, profissionais e empresas que atuam no setor do agronegócio precisam monitorar esses parâmetros e adequar suas ações de acordo com as previsões climáticas. 

Caso o contrário, eles correm o risco de sofrer com quebras de safras agrícolas e prejuízos econômicos que podem chegar à casa dos bilhões de reais. 

E uma das soluções utilizadas para evitar esses problemas e facilitar o monitoramento do clima é o radar meteorológico. 

Graças aos dados coletados por esse equipamento, é possível gerar previsões do tempo mais precisas e tomar decisões mais estratégicas sobre o manejo da lavoura.

Apesar dessas e outras vantagens, muitos agricultores ainda não utilizam esse recurso para maximizar os resultados da lavoura. 

Por isso, neste artigo, você vai entender a importância do radar meteorológico na agricultura, quais são suas aplicações e como usar seus dados para otimizar a produção.

radar-meteorologico (6)Tempo de chuva em lavoura de soja.

Qual é a função do radar meteorológico na agricultura?

O radar meteorológico é um equipamento utilizado para identificar e avaliar as características das nuvens e da precipitação registradas nas detectar nas camadas mais baixas da atmosfera. 

Para isso, ele utiliza tecnologias capazes de detectar a localização, intensidade, direção e até o movimento da chuva. 

Esse equipamento também consegue identificar a presença e a intensidade do vento, tempestades, tornados, entre outros fenômenos meteorológicos.

Graças a essa função, as informações coletadas pelo radar meteorológico não só permitem que os meteorologistas monitorem as condições climáticas, mas também são utilizadas por profissionais de outras áreas, como da agricultura.

O apoio do radar meteorológico na agricultura é fundamental para ajudar os produtores a reduzirem os riscos associados à atividade e melhorarem a produtividade.

Afinal, parâmetros como nível de precipitação, incidência solar, entre outros, influenciam tanto no desenvolvimento da lavoura quanto no sucesso das operações agrícolas. 

Isso significa que o produtor precisa ter acesso a dados confiáveis sobre as condições climáticas para orientar seu planejamento agrícola e definir estratégias eficientes para obter uma safra produtiva. 

Além disso, as informações obtidas a partir desse tipo de radar também ajudam o agricultor a lidar com problemas relacionados a temperaturas extremas, estiagem, alto volume de chuva, entre outras condições climáticas atípicas que podem, eventualmente, atingir a fazenda.

Somente com acesso a informações sólidas e confiáveis o produtor pode se preparar para enfrentar os desafios do campo. E o radar meteorológico é uma das ferramentas que pode ajudá-lo nesse sentido.

radar-meteorologico (8)Fazendeiro caminha pela lavoura de milho, ainda pequeno, alagada depois das fortes chuvas.

Quais os tipos de radar meteorológico?

Os radares meteorológicos não são todos iguais! É importante ter isso em mente para entender como esse equipamento funciona e quando pode ser utilizado. Afinal, existem variações em função da estrutura e tecnologia empregada na produção de cada tipo. 

Mas quais são eles? Basicamente, os dois principais tipos de radares meteorológicos disponíveis no mercado são:

Radar de pulso

Esse tipo de radar emite pulsos de ondas eletromagnéticas em intervalos regulares, que se propagam na atmosfera e depois refletem de volta ao equipamento quando “esbarram” numa nuvem ou precipitação. 

Baseado no tempo de retorno/ reflexão dessas ondas eletromagnéticas, o radar cria imagens, mapas de precipitação em tempo real e até a intensidade de fenômenos meteorológicos.

Radar Doppler

Considerado mais moderno, esse tipo de radar utiliza a tecnologia Doppler para medir a velocidade do vento, detectar a precipitação, coletar informações sobre o movimento das massas de ar e a formação de tempestades. 

Além disso, sua tecnologia também permite a medição de ventos em velocidades extremamente altas, previsões de tempestades e identificação de tornados e furacões que estão começando a se formar.

Por conta da sua capacidade de análise, previsão e identificação de fenômenos meteorológicos, o radar doppler é um dos mais utilizados atualmente na agricultura e demais setores que também precisam de uma avaliação climática mais acurada.

Saiba mais: Como detectar mapas de nuvens na agricultura com a qualidade dos mapas de satélite aprimorada pelo uso da inteligência artificial?

Por que usar o radar meteorológico na agricultura?

O uso do radar meteorológico na lavoura proporciona vários benefícios ao agricultor. Conheça os principais deles a seguir:

Melhora a precisão da previsão do tempo

radar-meteorologico (2)Agrônomo examina campo de soja atingido pela seca.

A alta precisão dos radares meteorológicos é uma das suas principais vantagens. 

Por conta dessa capacidade acurada para coletar e processar dados, o produtor que investe nessa tecnologia tem acesso a dados mais confiáveis e precisos sobre as condições climáticas em torno da fazenda. 

Afinal, ele deixa de ser refém de previsões de grandes escalas, a nível macro, e passa a identificar variações meteorológicas mais precisas e localizadas.

Aumenta a eficiência do planejamento agrícola

Por fornecer informações sobre níveis de precipitação previstos para a área da lavoura, o radar meteorológico ajuda os agricultores a tornar seu planejamento agrícola mais eficiente. 

Afinal, as previsões podem orientar as decisões dos produtores em relação ao início do plantio, momento ideal para a irrigação, realização de operações agrícolas, entre outras atividades.

Favorece o aumento da produtividade

radar-meteorologico (4)Grãos de soja.

Graças ao acesso a informações mais precisas sobre o clima, o produtor que usa os dados coletados pelo radar meteorológicos toma decisões mais estratégicas sobre o manejo da lavoura. 

Assim, ele consegue maximizar a produtividade da safra e reduzir riscos e perdas relacionadas a eventos climáticos.

Reduz os custos de produção

Decisões assertivas sobre o manejo da lavoura resultam no melhor aproveitamento dos recursos ambientais, principalmente água e solo. 

Por isso, o uso do radar ajuda o produtor a usar esses recursos de forma mais inteligente e eficiente, reduzindo os gastos com irrigação e preparo do solo.

Permite a adoção de práticas agrícolas mais sustentáveis

O acesso a uma previsão do tempo mais eficiente e assertiva ajuda o produtor a tomar decisões mais inteligentes sobre o manejo da lavoura. 

Assim, ele pode reduzir o volume de captação de água destinada à irrigação, por exemplo, além de adotar outras práticas agrícolas mais sustentáveis. 

Como resultado, ele reduz o impacto ambiental das suas operações agrícolas e ainda diminui o desperdício dos recursos ambientais.

Como o radar meteorológico pode ser usado na lavoura?

Mais do que uma simples previsão climática, o radar meteorológico é uma solução eficiente para executar diferentes rotinas e tarefas realizadas na fazenda. Em resumo, o produtor pode utilizar esse equipamento nos seguintes casos: 

  • Acesso a informações mais precisas sobre a previsão do tempo;
  • Monitoramento da intensidade e direção de chuvas;
  • Monitoramento da umidade do solo e previsão da evapotranspiração das plantas por meio da previsão de precipitação;
  • Previsão e identificação de eventos climáticos extremos, como tempestades, tornados, granizo e estiagem;
  • Elaboração de um planejamento mais estratégico da lavoura;
  • Orienta decisões sobre o manejo das operações agrícolas, maximizando o radar e reduzindo perdas.

radar-meteorologico (3)A funcionalidade Radar Meteorológico, do FieldView, traz o acumulado de chuvas e faz previsão de precipitações para as próximas horas.

Como usar o radar meteorológico na sua fazenda?

O produtor precisa seguir dois passos básicos para usar o radar meteorológico na fazenda:

  1. Investir e instalar um radar meteorológico na sua propriedade;
  2. Investir num software capaz de integrar as informações coletadas pelo radar a outros dados agronômicos.

O problema é que comprar, instalar e manter um radar de alto desempenho não é uma tarefa simples. Além de ser um investimento alto, requer equipe e manutenção especializada. 

Por esse motivo, atualmente, existem apenas 27 radares meteorológicos em operação em todo o país, comprados e mantidos por meio de parcerias entre entidades públicas e privadas.

Nesse cenário, em vez de investir na compra desse equipamento, o ideal é que o produtor utilize um software capaz de coletar os dados dos diferentes radares e gerar informações detalhadas sobre as condições climáticas na região da fazenda.

Dentre as opções de software disponíveis no mercado, uma das mais eficientes para uso agrícola é o Climate Fieldview™, plataforma de agricultura digital da Bayer. Além de outros recursos, esse software conta com uma funcionalidade chamada Radar Meteorológico Fieldview™. 

Essa função utiliza um algoritmo baseado em modelagem de dados estatísticos, fornecidos pela IBM/Weather Company, que são atualizados a cada 15 minutos, permitindo um monitoramento em tempo real.

Graças a essa tecnologia, o produtor consegue acompanhar as previsões climáticas para as próximas 6h na área da fazenda. Além disso, a ferramenta permite o acesso a um mapa com as precipitações registradas nas últimas 24h em todo o Brasil. 

Com esses recursos à sua disposição, o produtor pode definir estratégias de manejo mais eficientes e tomar decisões mais inteligentes, garantindo a qualidade e produtividade da lavoura. 

Quer aproveitar essas vantagens e maximizar os resultados da lavoura? Veja como o Radar Meteorológico Fieldview™ pode te ajudar nessa tarefa!

 

LEIA TAMBÉM:

Previsão do tempo na agricultura: soluções tecnológicas para a lavoura

Cana-de-açúcar: plataformas digitais possibilitam minimizar riscos climáticos na lavoura

Janela de plantio: como identificar o momento ideal para cultivar cada cultura

O que é agrometeorologia e qual a sua importância para a lavoura

 

Nova call to action

Compartilhar:
Curtiu nosso conteúdo?
Deixe seu comentário abaixo.

SOMOS HISTÓRIAS DE
SUCESSO

Confira casos reais de lavoura que estão conquistando resultados extraordinários contadas por quem entende melhor do que ninguém: você.
Ver todas