Apresentando: o blog do FieldView

Por Mateus Barros, Líder Comercial Climate América do Sul

Feb 08, 2018

Estou completando quase 2 anos na The Climate Corporation, braço da agricultura digital da Monsanto. Tem sido uma riqueza de experiências e muitas mudanças de mindset! E é por isso que resolvemos lançar este blog, um novo canal de comunicação e compartilhamento de novidades sobre agricultura digital: para contar para vocês como esta revolução digital na agricultura está trazendo bons frutos.

Para fazer a estréia deste blog, gostaria de compartilhar minha experiência de trabalho nesta empresa, o que aprendi nos últimos anos, como funcionamos internamente e como trabalhamos focados em apoiar os nossos agricultores diariamente.

Na minha vida profissional, sempre tive algumas prioridades. Uma delas sempre foi o foco no cliente. Oferecer um bom serviço, entregar o que prometemos e assegurar uma excelente experiência de uso são elementos que nunca deixarão de ser prioridade. Mas hoje o foco no cliente significa muito mais. No mercado dinâmico que vivemos, precisamos estar muito mais conectados aos nossos clientes, dispostos a ouvir o que eles tem a dizer, pois muitas das melhorias e atualizações virão diretamente dos clientes mais engajados com seu produto.

Falando em produto, até pouco tempo atrás, eu estava acostumado com ciclos de desenvolvimento de produto que passavam por planejamentos que duravam anos. Neste mundo digital, as coisas acontecem em ciclos de poucos meses. A velocidade e agilidade faz toda diferença e esta dinâmica faz com que o produto se desenvolva muito rapidamente. Aqui na Climate, cada vez que temos a entrega de uma nova funcionalidade, ficamos todos muito motivados para levar essas novidades aos nossos clientes. E isso tem ocorrido com muita frequência.

Dando continuidade ao meu raciocínio sobre mudanças de mindset, percebo que ocorreu uma mudança significativa em como olhamos para a concorrência. Hoje não vemos outras empresas e startups como concorrentes porque existe um mercado enorme a ser explorado e há espaço para todos. Além disso, estas outras startups desse ecossistema podem ser parceiros na entrega de soluções ao cliente.

Nós estamos entregando ao agricultor brasileiro a possibilidade de integrar muitos dados em uma única plataforma: desde informações de plantio, pulverização e colheita, até análises físicas e químicas de solo. Alguns dos nossos clientes já falam de talhões com mais de 50 camas de informação. Isso tudo também permite integrar informações de diferentes equipamentos e diversas marcas de tratores, plantadeiras, colheitadeiras e pulverizadores.

Hoje trabalhamos em colaboração com muitos parceiros que poderiam ser considerados "concorrentes", focados em entregar as soluções mais completas aos agricultores. Estamos desenvolvendo parcerias com empresas de monitoramento de pragas e doenças, drones, laboratórios de análise de solo, softwares de gestão financeira da fazenda, entre outros. Isso tudo permite que o agricultor tenha seus dados integrados e adote novas tecnologias com maior facilidade.

Outra jornada muito legal por aqui é a participação de todas as gerações nessa transformação digital. Nossa equipe é composta por diferentes formações, gêneros e idades. É muito interessante ver nossos programadores, formados em engenharia e ciências da computação, junto com o time de campo, conversando com os agricultores, ouvindo e, logo em seguida, desenvolvendo soluções no nosso laboratório. O time de Experiência do Cliente, que é uma moçada super jovem e talentosa, que se comunica diariamente com os clientes por mensagens e telefonemas, ajudando-os a extrair o melhor da nossa ferramenta. Assim como eu, os colegas mais "botinudos" contribuem com os quilômetros rodados por esse país. Tudo de forma muito próxima, aberta, com pouca hierarquia e muita colaboração em todos os projetos.

Por fim, estamos participando de uma revolução digital que tem uma conexão muito grande com nosso propósito. É algo muito maior do que hardwares, softwares e sensores. Estamos vendo, dia após dia, agricultores tomando melhores decisões baseados em ciência de dados e, consequentemente, maximizando sua produtividade. Temos muitos casos interessantes e surpreendentes de clientes que estão utilizando as informações disponíveis no Climate FieldView para ter melhor eficiência nas suas operações, de forma sustentável.

Dia desses me perguntaram como eu planejo minha carreira. Sempre fui muito otimista com nosso futuro, mas tenho que confessar que nunca foi tão incerto fazer qualquer previsão sobre os próximos anos. É um verdadeiro desafio. Mas hoje eu planejo meu futuro fazendo o melhor possível hoje e aproveitando muito o presente. Aprender sobre todas essas inovações num curto espaço de tempo tem sido uma grande realização profissional e pessoal. E eu estou muito empolgado com tudo isso. Que venha o futuro! Aproveitem este blog e todo o conteúdo que estamos preparando para ele. Enviem suas sugestões e nos contem sobre o que querem saber. Enviem suas sugestões por mensagem na nossa página no facebook. Até a próxima!

Veja mais: Agricultura 4.0

Compartilhar:
conheça o climate fieldview
Compartilhar: